POLÍTICA

Itamaraty anuncia embaixador extraordinário para Mudança do Clima

O Ministério das Relações Exteriores anunciou ontem (17) o diplomata Luiz Alberto Figueiredo Machado como embaixador extraordinário para Mudança do Clima.

O cargo foi recriado pela gestão do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Entre 2007 e 2010, foi ocupado pelo embaixador Sergio Barbosa Serra.

Ex-ministro de Relações Exteriores no governo de Dilma Rousseff, Figueiredo vai coordenar a candidatura do Brasil para sediar a 30ª Conferência das Partes (COP 30) na Convenção-Quadro das Nações Unidas sobre Mudança do Clima (UNFCCC, na sigla em inglês), que será realizada em 2025

“O embaixador Figueiredo deverá complementar a representação de alto nível do Brasil em eventos internacionais, bem como contribuir para a divulgação do engajamento brasileiro no combate à mudança do clima”, diz o Itamaraty, em nota.  

Figueiredo é diplomata de carreira desde 1980. Foi representante permanente do Brasil junto às Nações Unidas e chefiou as embaixadas do Brasil no Catar, em Portugal e nos Estados Unidos. Na área de mudança do clima, ocupou as funções de chefe da Divisão de Política Ambiental e Desenvolvimento Sustentável (2002-2004), de diretor do Departamento do Meio Ambiente e Temas Especiais (2005-2011) e de subsecretário-geral de Meio Ambiente, Energia, Ciência e Tecnologia (2011-2013).

Em 1º de janeiro, o Itamaraty criou a Secretaria de Clima, Energia e Meio Ambiente, responsável por formular e coordenar as posições brasileiras nas negociações internacionais em mudança do clima.


Com informações da Agência Brasil

Mais emPOLÍTICA