NOTÍCIAS

Uber terá de contratar motoristas como funcionários

No seu maior mercado na Europa, o Uber perdeu ação judicial e terá que tratar os motoristas do Reino Unido como funcionários.

Com a decisão da Suprema Corte do país, milhares de motoristas terão direito a um salário mínimo e férias pagas – algo que afeta diretamente o modelo de negócios do Uber e provavelmente o obrigaria a aumentar suas taxas.

O Uber disse que essa decisão se aplica apenas ao pequeno grupo de motoristas que entraram com o processo em 2016. Porém, agora, milhares podem reivindicar o direito, e o Uber disse que vai abrir consulta nacional com motoristas para chegar ao um consenso.

A medida judicial ainda deve repercutir com um todo na gig economy do país, a economia dos bicos, que cresceu durante a pandemia.

E outros países estão indo na mesma linha – neste mês, a UE deve publicar recomendações para melhorar as condições para os trabalhadores autônomos como os do Uber.


As informações são da Bloomberg

Mais emNOTÍCIAS